Qual a relação do hormônio anti-Mulleriano com a infertilidade?

A medicina reprodutiva tem desenvolvido ao longo dos anos diversos procedimentos e técnicas como forma de tratamento para infertilidade. O hormônio anti-mulleriano (HAM ou AHM) é um dos exames realizados para avaliar a reserva ovariana. É produzido pelas células da granulosa do ovário, em folículos antrais em estágios iniciais, e de forma indireta nos diz se a quantidade dos folículos ovarianos está adequada.

 

Entenda a importância do hormônio para determinar a infertilidade 

 

A reserva ovariana da mulher é um dos critérios avaliados na investigação básica do casal infértil. O AMH é uma das formas de avaliar essa reserva. Pode ser colhido em qualquer fase do ciclo menstrual e seu valor de normalidade é em torno de 1ng/ml, mas varia de acordo com a idade. Essa variação faz sentido, já que os folículos ovarianos diminuem ao longo do tempo de acordo com a idade. Além da reserva ovariana, o AMH pode predizer algumas doenças. na Síndrome dos Ovários Policísticos, por exemplo, ele pode estar alto (quantidade grande de folículos) ou baixo em condições como a endometriose ou menopausa precoce, em que a reserva ovariana pode estar baixa.

 

De forma geral, quanto mais folículos existirem, maiores serão as dosagens de HAM no sistema reprodutor feminino. Por isso, o hormônio é considerado um dos marcadores mais eficazes da reserva ovariana, ou seja, ele é capaz de determinar o potencial ovulatório das mulheres. Entretanto, ele não avalia a qualidade dos óvulos. A qualidade ovular está intimamente relacionada à idade da mulher e não à reserva ovariana.

 

Atualmente, os tratamentos para reprodução humana assistida recomendam a realização do exame anti-mulleriano, juntamente com outros hormônios (como o FSH e Estradiol, colhidos no início do ciclo) e contagem dos folículos antrais.

Como funciona o exame de hormônio anti-mulleriano?

 

A avaliação dos níveis de hormônio anti-mulleriano é feita através do exame de sangue, que pode ser realizado em qualquer fase do ciclo menstrual. Os especialistas em Reprodução Humana analisam os resultados, que podem indicar as potenciais chances da mulher conseguir engravidar.

 

Como já falado, os valores de normalidade podem variar de acordo com a idade. Em geral são normais acima de 1ng/ml, mas, de forma mais fidedigna,  seguem os os percentis do gráfico abaixo, de acordo com o estudo citado:

Qual a relação com a infertilidade?

O exame de hormônio anti-mulleriano avalia a reserva ovariana e apresenta os dados sobre a quantidade de óvulos disponíveis, porém não consegue determinar a qualidade dos óvulos. 

 

Os valores mostrados no gráfico acima são os níveis de hormônio anti-mulleriano que podem ser identificados no exame realizado por uma paciente, de acordo com a idade Verificamos, portanto, que o nível considerado como resposta média (entre 1,0 e 2,0 ng/ml) significa que a mulher possui uma reserva ovariana adequada, mas nada diz sobre chances de engravidar ou até infertilidade. Acompanhamento médico especializado

Portanto, é fundamental que os pacientes busquem atendimento médico especializado em reprodução humana, pois a investigação deve ser completa e para uma orientação adequada para os casais inférteis.

É sempre importante dizer que, antes da indicação de um tratamento em Reprodução Assistida, além da reserva ovariana, é importante associar outros fatores de infertilidade, idade da mulher e tempo de infertilidade. A conduta então deve ser sempre individualizada.

Em caso de dificuldade para engravidar, entre em contato com a nossa equipe, agende sua consulta e tire todas as suas dúvidas.

Dr. Pedro Peregrino

Venha nos visitar

Venha nos visitar

Localização:

R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar | Bela Vista - São Paulo, SP A 100 metros do Metrô Brigadeiro

Segunda a sexta, das 08 às 19h, e Sábado das 8 às 12h .

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 99738.3269

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar