Qual a hora de consultar um especialista em infertilidade?

Uma ideia equivocada e bastante comum é a de que engravidar é uma tarefa fácil. Na realidade, conseguir engravidar pode ser um caminho longo e tortuoso para alguns casais. Para um casal saudável, fértil, a taxa de sucesso por mês gira em torno de 15-20% apenas, o que nos mostra que pode ser totalmente normal demorar alguns meses para um casal conseguir engravidar. Em geral, podemos dizer que 70% dos casais férteis irão engravidar em 6 meses, 85% em 1 ano e 95% após 2 anos de tentativaMas então, quanto tempo o casal deve insistir nas tentativas da concepção natural? Existe algum momento ou alguma situação especial em que o casal deva procurar um especialista em infertilidade?

A investigação da infertilidade deve ser oferecida para qualquer paciente com diagnóstico de infertilidade ou com alto risco para infertilidade. A infertilidade é definida como o insucesso na obtenção de gestação após 12 meses de relações sexuais sem o uso de nenhum método contraceptivo. Para mulheres de até 35 anos, a investigação está indicada após este período. Para mulheres com mais de  35 anos de idade, costuma-se recomendar avaliação mais precoce do casal: após 6 meses de tentativas. Estima-se que a infertilidade atinja cerca de 15% dos casais. Vejamos abaixo alguns fatores e situações que interferem na fertilidade e que demandam a procura por um especialista em infertilidade.

1. Idade da mulher

A idade da mulher é o fator isolado mais importante que define o prognóstico reprodutivo de um casal, tanto com gestação espontânea como em tratamentos de reprodução assistida. Isso ocorre porque a reserva ovariana da mulher e a qualidade dos óvulos vão diminuindo com a idade. Para mulheres com mais de 40 anos que desejam engravidar, a recomendação é que uma avaliação seja realizada imediatamente.

2. Menstruação irregular

A menstruação irregular sugere problemas na ovulação, uma causa bastante importante e frequente de  infertilidade da mulher. Saber o período exato da ovulação da mulher é essencial para que haja sucesso nas tentativas de engravidar! Mulheres que ovulam possuem fluxo menstrual a cada 25-35 dias, geralmente acompanhado de sintomas pré-menstruais. Caso a mulher apresente intervalos irregulares e queira engravidar, é importante procurar ajuda, independentemente do tempo de infertilidade. Deve-se fazer exames para descobrir se a ovulação está ocorrendo. Se não estiver, causas de anovulação devem ser investigadas:  síndrome dos ovários policísticos, hiperprolactinemia, doença da tireoide, entre outras. Há ainda, casos mais graves de amenorreia (ausência de menstruação) causados por falência ovariana prematura (menopausa precoce). Na suspeita, a reserva ovariana deve ser pesquisada, com avaliação médica imediata.

3. Suspeita de doença nas tubas uterinas

Algumas infecções, como as causadas por clamídia, podem deixar sequelas no sistema reprodutor feminino, gerando obstrução ou movimentação ineficiente das tubas uterinas, dificultando, portanto, o  encontro do espermatozoide com o óvulo e o transporte do embrião até o útero (pois a fertilização do óvulo ocorre no interior da tuba). Deste modo, mulheres que têm histórico de infecções do aparelho reprodutor devem se atentar ao tempo que estão levando para engravidar. Aquelas que tiveram gravidez ectópica tubária também merecem um olhar mais atento.

4. Uso de medicamentos e outras substâncias

Tratamentos de radio e quimioterapia podem ter impacto significativo sobre a fertilidade, afetando de forma irreversível a reserva ovariana ou a produção de espermatozoides pelos testículos. Existe a possibilidade de congelamento de óvulos ou de espermatozoides para se tentar preservar a fertilidade antes do início do tratamento. Para pessoas já submetidas a tratamento de radio ou quimioterapia, é fundamental a avaliação da função dos ovários ou dos testículos para que o especialista em infertilidade possa aconselhar adequadamente o casal. 

5. Endometriose

A endometriose pode afetar a fertilidade da mulher de diferentes formas, incluindo o comprometimento das tubas uterinas e a função ovariana (reserva ovariana e qualidade dos óvulos). Em casos de diagnóstico prévio de endometriose (mesmo que já tenho sido tratada de forma adequada), a orientação é procurar avaliação médica assim que decidir engravidar.

6. Cirurgias ginecológicas

Cirurgias ginecológicas prévias podem afetar a forma e a função dos órgãos reprodutivos femininos, de forma que é indicada avaliação criteriosa do caso quando houver desejo de gravidez. 

Essas são algumas das principais situações em que casais com dificuldades para ter um bebê devem procurar ajuda de um especialista em infertilidade. Esse profissional pode ajudar tirando dúvidas, descobrindo as causas da infertilidade, prestando apoio emocional e tratando diretamente a causa da infertilidade. Confira mais fatores externos que influenciam a fertilidade clicando aqui.

GINECOLOGIA E OBSTETRICIA em Clinica Viventre
CRM: 129.377

Formada em Ginecologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), com Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da USP. Concluiu um Fellowship na área de Infertilidade na Yale University, nos Estados Unidos, e um estágio em Medicina Reprodutiva no IVI (Instituto Valenciano de Infertilidad), na Espanha.

É membro da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) e da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE).

Especialidades:
- Preservação de Fertilidade
- Oncofertilidade
- Falência Ovariana Prematura
- Infertilidade sem causa aparência
- Endometriose e Infertilidade
- Anovulação e Infertilidade
Dra. Paula Marin

Venha nos visitar

Venha nos visitar

Localização:

R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar | Bela Vista - São Paulo, SP A 100 metros do Metrô Brigadeiro

Segunda a sexta, das 08 às 19h, e Sábado das 8 às 12h .

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 99738.3269

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar