Preservação de Fertilidade

Sabe-se que as chances de uma gestação bem-sucedida diminuem com a idade da mulher, sendo consideravelmente baixas para aquelas com mais de 40 anos. O termo preservação de fertilidade refere-se às técnicas de reprodução assistida destinadas à mulheres que não pretendem ou não podem engravidar no momento, por razões médicas ou pessoais, mas que desejam manter a possibilidade de gestação no futuro. Para os homens, embora não ocorra queda considerável da fertilidade com a idade, tratamentos como quimioterapias podem comprometer de forma irreversível a capacidade de produção de espermatozoides. Nestes casos, também é possível a preservação da fertilidade.

Congelamento de óvulos: entenda o que é e como funciona

O congelamento de óvulos é uma forma de preservar a fertilidade da mulher, para que ela possa engravidar no futuro. Esse tratamento envolve o estímulo ovariano e a coleta de óvulos, que preserva as propriedades do gameta feminino por tempo indeterminado. Não existe um limite de idade para o procedimento, mas as chances de sucesso são maiores para óvulos congelados antes dos 35 anos de idade.

 

Neste tratamento a estimulação ovariana é realizada com medicamentos hormonais, da mesma forma que no tratamento de FIV. Os óvulos são captados e congelados para uso futuro se necessário. Atualmente a técnica mais moderna de criopreservação de óvulos é a de vitrificação (congelamento rápido), que apresenta maior eficácia e segurança.

PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE ONCOLÓGICA

O câncer é uma das principais doenças da atualidade. Sua incidência tem aumentado nos últimos anos, apesar dos investimentos em pesquisas de novas tecnologias para ensaios clínicos e opções terapêuticas. Existem tratamentos promissores para o câncer, dependendo da localização, da extensão da lesão e do tipo de tumor.

Com o advento de novos métodos de quimioterapia, radioterapia, imunologia e cirurgias, a sobrevida ao câncer melhorou significativamente. No entanto, essas terapias podem reduzir a fertilidade masculina e feminina porque afetam a gametogênese, que é a produção de óvulos e espermatozoides. O tratamento oncológico age nas células cancerosas, mas pode afetar os ovários e testículos, diminuindo assim a qualidade dos gametas.

Quando uma pessoa em idade fértil é diagnosticada com câncer e deseja ter filhos, a avaliação da fertilidade e o comportamento da gametogênese em relação ao câncer são essenciais e a orientação desses pacientes sobre a possibilidade de preservação da fertilidade é muito importante.

Se for desejo do paciente preservar a fertilidade, é necessário congelar óvulos ou espermatozóides antes de iniciar o tratamento do câncer, para que a gravidez possa ser feita com fertilização in vitro (FIV) posteriormente, se necessário. É importante salientar que, nesses casos, há urgência do estímulo ovariano devido a restrição de tempo para início do tratamento oncológico.

PRESERVAÇÃO DA FERTILIDADE SOCIAL

Para as pessoas que desejam adiar os planos de gravidez por motivos pessoais ou profissionais, a preservação social da fertilidade oferece a possibilidade de ter um filho biológico independente da idade. A tendência de postergar a gravidez tornou-se um fenômeno global, atribuído a fatores que vão desde o aumento das oportunidades de trabalho ou carreira das mulheres e instabilidade nos relacionamentos amorosos, até a evolução das técnicas e métodos de reprodução assistida, por exemplo.

Na última década, a idade média da primeira gravidez acima de 35 anos aumentou significativamente e, portanto, foi definida como a “década de preservação da fertilidade”. Tradicionalmente, a preservação da fertilidade era indicada na maior parte dos casos para pessoas submetidas aos tratamentos de câncer, que podem ter a capacidade reprodutiva comprometida, mas agora essa realidade mudou. As principais indicações para preservação da fertilidade por causa social são:

– Mulheres por volta de 35 anos de idade sem perspectiva de gestação num futuro próximo
– Mulheres jovens com diagnóstico de diminuição de reserva ovariana progressiva e sem planejamento de gestação próxima.

Perguntas Frequentes

Confira abaixo algumas das principais dúvidas e perguntas que os nossos pacientes fazem:

Quais os principais exames para saber se sou infértil?

Saiba mais

Como funciona e como calcular período fértil de uma mulher?

Saiba mais

o que é a síndrome dos ovários policísticos?

Saiba mais
Veja as perguntas mais comuns

Central Educativa

Veja nossos artigos e materiais educativos sobre fertilidade e tópicos relacionados à reprodução humana.

Ver mais

Venha nos visitar

Venha nos visitar

Localização:

R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar | Bela Vista - São Paulo, SP A 100 metros do Metrô Brigadeiro

Segunda a sexta, das 08 às 19h, e Sábado das 8 às 12h .

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 99738.3269

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar