Perguntas Frequentes

Fertilidade

Exames
Fertilidade
Tratamentos
  • Quais os principais exames para saber se sou infértil?

    O diagnóstico de infertilidade vem da história do casal. Quando não se consegue a gravidez espontânea após 1 ano de tentativas, sem o uso de nenhum método contraceptivo, está indicada a chamada investigação básica do casal (para mulheres com mais de 35 anos, recomenda-se esta investigação após 6 meses de tentativas). Os exames não tem como objetivo “saber se o casal é infértil”, mas identificar se existe algum fator que possa estar dificultando a ocorrência da gravidez. Pode parecer a mesma coisa, mas não é. Dependendo do tipo de alteração encontrada, a gravidez espontânea ainda pode ocorrer. Muitas vezes, apenas com orientações sobre mudanças no estilo de vida e controles ultrassonográficos de ovulação. Portanto, devemos tomar bastante cuidado com o diagnóstico “infértil”.

  • Como é o exame de espermograma?

    O espermograma é um exame bastante simples. É recomendado que a coleta seja feita pela manhã, no próprio hospital ou laboratório. Contudo, em raros casos e quando autorizado pelo médico, pode ser feito no domicílio também. Independente de onde a coleta é feita, as únicas condições é que não pode utilizar nenhum lubrificante e a ejaculação deve ser feita diretamente no frasco fornecido.

  • Diagnóstico genético pré-implantacional (PGD) e alterações genéticas, o que tenho que saber?

    Um método cirúrgico contraceptivo de esterilização masculina simples, seguro e eficaz, que ainda gera muitas dúvidas. Mas afinal, o que é a vasectomia? Algo que ainda gera muitas dúvidas entre os homens é a vasectomia, pois a dúvida maior é a respeito da infertilidade, porém, a vasectomia é um procedimento seguro e eficaz de controle […]

    Saiba mais
  • Como funciona e como calcular período fértil de uma mulher?

    Para conseguir calcular o período fértil é importante determinar a duração do ciclo menstrual. A duração normal do ciclo menstrual varia entre 21 e 35 dias. Novamente, o primeiro dia do fluxo menstrual é considerado o primeiro dia do ciclo, e a ovulação ocorre 14 dias antes da próxima menstruação. O período fértil abrange 5 dias antes e o dia da ovulação.

  • Quanto tempo demora para engravidar?

    O período de tentar engravidar é marcado por grandes expectativas para a maioria dos casais que desejam realizar este sonho o mais rápido possível. A maioria das mulheres espera engravidar dentro de um período máximo de 6 meses. No entanto, de acordo com um estudo recente, 40% das mulheres entrevistadas dizem que a gravidez demorou para acontecer mais do que o esperado. Isso mostra que, mais do que você pode imaginar, muitos casais esperam vários meses, em alta expectativa, até que a gravidez finalmente aconteça.

  • Quais os principais exames para saber se sou infértil?

    O diagnóstico de infertilidade vem da história do casal. Quando não se consegue a gravidez espontânea após 1 ano de tentativas, sem o uso de nenhum método contraceptivo, está indicada a chamada investigação básica do casal (para mulheres com mais de 35 anos, recomenda-se esta investigação após 6 meses de tentativas). Os exames não tem como objetivo “saber se o casal é infértil”, mas identificar se existe algum fator que possa estar dificultando a ocorrência da gravidez. Pode parecer a mesma coisa, mas não é. Dependendo do tipo de alteração encontrada, a gravidez espontânea ainda pode ocorrer. Muitas vezes, apenas com orientações sobre mudanças no estilo de vida e controles ultrassonográficos de ovulação. Portanto, devemos tomar bastante cuidado com o diagnóstico “infértil”.

  • o que é a síndrome dos ovários policísticos?

    A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é uma doença hormonal comum, que acomete 8-13% das mulheres em idade reprodutiva, e que pode impactar de muitas formas na saúde da mulher. Mulheres com essa síndrome podem apresentar ciclos menstruais irregulares ou mesmo ausentes, excesso de hormônios androgênios (masculinos), e inúmeros pequenos folículos nos ovários em exame de ultrassonografia.

  • Fertilização ou inseminação, quais as diferenças e vantagens?

    Considerado o tratamento que oferece as maiores taxas de sucesso, a FIV recebe esse nome pois a fertilização do óvulo é realizada fora do ambiente uterino, em laboratório (de onde vem o nome “in vitro”). O processo caracteriza-se pela fecundação do óvulo com espermatozoide em um laboratório de embriologia; um processo in vitro que requer cultivo em incubadoras para observar o desenvolvimento adequado dos embriões, seguido pela transferência para o útero. As chances de sucesso são maiores que na inseminação artificial porque já partimos de embriões formados colocados dentro da cavidade uterina.

  • Vasectomia é reversível?

    Um método cirúrgico contraceptivo de esterilização masculina simples, seguro e eficaz, que ainda gera muitas dúvidas. Mas afinal, o que é a vasectomia? Algo que ainda gera muitas dúvidas entre os homens é a vasectomia, pois a dúvida maior é a respeito da infertilidade, porém, a vasectomia é um procedimento seguro e eficaz de controle […]

    Saiba mais

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 99738.3269

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar