Adenomiose: entenda a relação com a infertilidade feminina

A adenomiose é uma patologia caracterizada pela presença de tecido do endométrio (camada interna do útero), na camada muscular uterina. Essas lesões podem ser focais ou difusas e causam o espessamento nas paredes do útero. Os principais sintomas são: cólicas fortes, fluxo menstrual aumentado, aumento do volume uterino. Reconhecida como uma subclassificação da endometriose, a doença tem relação com a infertilidade feminina, provocando dificuldades para engravidar. 

 

O que é Adenomiose e sua relação com a infertilidade?

 

Mais comum em pacientes acima de 40 anos, a adenomiose é uma doença inflamatória provocada por células localizadas no tecido que reveste o útero e, assim como a endometriose, ela pode ter impactos negativos na fertilidade feminina.

 

Estudos científicos apresentam evidências da relação entre a adenomiose com os casos de infertilidade feminina. Isso é possível porque a doença causa anomalias na parede uterina, o que provoca dificuldades para a nidação, ou seja, causa falhas ou dificultam a implantação embrionária.

 

Entenda o processo da adenomiose

 

Como já abordamos neste blog em artigos anteriores, o endométrio é um tecido que reveste a parede interna do útero. No entanto, a adenomiose é caracterizada pelo crescimento do tecido endometrial justamente na parede muscular da cavidade uterina (miométrio).

 

A cada ciclo menstrual, o tecido endometrial age normalmente, passando pela fase de espessamento. Posteriormente, quando o óvulo não é fecundado, o tecido descama e causa o sangramento. Em mulheres com adenomiose, o útero aumenta de tamanho e fica hipertrofiado. Sendo assim, as pacientes com essa alteração podem apresentar um fluxo mais intenso e sentir muito mais dor durante a menstruação.

 

Adenomiose: principais causas e sintomas

 

A adenomiose ocorre, geralmente, antes da menopausa em mulheres acima de 40 anos. Alguns dos motivos mais frequentes para o surgimento dessa condição são:

 

  • aumento nos níveis de estrogênio;
  • cirurgias realizadas após traumas uterinos;
  • parto por cesariana.

 

Sintomas da Adenomiose

  • cólicas intensas;
  • dor pélvica acentuada durante o ciclo menstrual;
  • sangramento excessivo ou prolongado;
  • sangramento fora do período de menstruação;
  • infertilidade.

 

Como funciona o tratamento para adenomiose

 

Diagnóstico

 

O diagnóstico é realizado como uma história clínica, exame físico completo e exames de imagem complementar. Vale lembrar, que muitas mulheres são assintomáticas e descobrem a adenomiose quando investigam infertilidade.

Exames como Ultrassonografia pélvica transvaginal e Ressonância Magnética de pelve são solicitados pelo médico especialista e podem identificar alterações e lesões de adenomiose.

 

Tratamento

 

Para o tratamento da doença, deve-se analisar a intensidade dos sintomas e as necessidades da paciente em relação ao sonho de uma gestação futura. Em alguns casos, a adenomiose pode ser tratada com medicação anti-inflamatória e terapias hormonais. 

 

Já em outras situações, dependendo das condições clínicas da paciente, a equipe médica pode recomendar métodos cirúrgicos para a remoção do excesso de tecido endometrial ou até mesmo a cirurgia para retirada do útero (histerectomia).

 

Claro que em casos de infertilidade, a histerectomia não é uma boa opção. Na maioria das vezes, indica-se Fertilização in Vitro (FIV) e, a depender da gravidade da adenomiose, usa-se protocolos especiais antes da transferência de embrião.

 

Ficou com dúvidas? Agende uma consulta com os especialistas da Viventre

 

Acompanhamos durante este artigo os aspectos associados à adenomiose e sua relação com a infertilidade feminina. São muitos os fatores que podem impactar na fertilidade das mulheres e, consequentemente, influenciar nas chances de gestação. Portanto, recomenda-se o acompanhamento médico especializado para identificar as possibilidades de tratamentos mais adequados para cada paciente.

 

Entre em contato com a nossa equipe e agende uma consulta com a equipe médica da Viventre, clínica especializada em tratamentos para reprodução assistida. 

Dr. Sergio Gonçalves
Últimos posts por Dr. Sergio Gonçalves (exibir todos)

Venha nos visitar

Venha nos visitar

Localização:

R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar | Bela Vista - São Paulo, SP A 100 metros do Metrô Brigadeiro

Segunda a sexta, das 08 às 19h, e Sábado das 8 às 12h .

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 96439.9141

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar