Aborto de repetição é mais comum a partir dos 37 anos

O aumento significativo da expectativa de vida, aliado às conquistas das mulheres no mercado de trabalho nas últimas décadas, contribuíram para o adiamento da gravidez em vários anos. Em geral, as mulheres se casam e têm filhos mais velhos do que há alguns anos, o que levanta preocupações sobre uma gravidez de risco, especialmente após os 37 anos e os abortos de repetição.

 

Abortos de repetição com idade mais avançada: números maiores

 

De forma gerar, a chance de uma gestação resultar em abortamento varia entre 20-25%. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que o número de mães que têm seu primeiro filho entre 30 e 35 anos era de 14,4% em 2001. Em 2011, o índice subiu para 18,3% das mulheres. Apesar disso mostrar um maior índice de controle de natalidade, também aumenta a porcentagem de abortos de repetição, pois quanto maior a idade da mãe, maiores os riscos. Entenda.

 

Taxa de aborto espontâneo de acordo com a idade

Muitos estudos mostram a relação entre abortamento espontâneo e a idade avançada da mulher. Em um centro em Chicago – EUA,, confira os dados colhidos por eles:

 

Menos de 30 anos – 8% de abortamentos;

Entre 30 e 34 anos – 12% de abortamentos;

Entre 35 e 37 anos – 16% de abortamentos;

Entre 38 e 39 anos – 22% de abortamentos;

Entre 40 e 41 anos – 33% de abortamentos;

Entre 42 e 43 anos – 45% de abortamentos;

Entre 44 e 46 anos – 60% de abortamentos.

 

A medicina acredita que o período biológico é ideal para engravidar entre 18 e 28 anos, mas também a classifica como saudável até os 35 anos. Depois disso, tanto a fertilidade da mulher quanto a qualidade de seus óvulos, começam a declinar. Sabe-se que a maior causa dos abortamentos precoces é embrião aneuplóides, isto é, com alterações cromossômicas. Assim, a chance de aneuploidia aumenta em mulheres com mais de 37 anos.

 

 Este cenário, somado aos hábitos de vida pouco saudáveis, aumenta a probabilidade dos abortos precoces. 

 

Como diminuir as chances de sofrer um aborto espontâneo?

 

È muito difícil evitar o abortamento quando trata-se de uma mulher saudável, sem comorbidades conhecidas e que nunca engravidou ou abortou. 

 

Mas inicialmente é importante realizar sempre rotina ginecológica anual e avaliação completa pré-concepcional. Nessas consultas são realizados exame físico completo e exames complementares laboratoriais e de imagem. Se tudo estiver bem, a mulher é aconselhada a tomar ácido fólico na dose mínima de 0,4 mg por dia e a ter relações sexuais na fase fértil.. 

 

Somado a isso, sempre é importante orientar a prática de atividade física, evitar tabagismo e consumo excessivo de álcool.. 

 

Quais as principais causas de aborto de repetição?

Sabe-se que a maior causa dos abortamentos precoces é embrião aneuplóides, isto é, com alterações cromossômicas. Alguns fatores podem aumentar as chances dessas alterações ocorrerem como, Idade avançada, alteração em cariótipo do casal, alterações anatômicas do útero, causas imunológicas, trombofilias, alterações endócrino-metabólicas, infecções e fatores masculinos.

 

Por isso, em casos de infertilidade e em casos de pelo menos 2 abortamentos recorrentes, é necessário procurar um especialista para investigação e condutas terapêuticas adequadas.

GINECOLOGIA E OBSTETRICIA em Clinica Viventre
CRM: 129.377

Formada em Ginecologia pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), com Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital das Clínicas da USP. Concluiu um Fellowship na área de Infertilidade na Yale University, nos Estados Unidos, e um estágio em Medicina Reprodutiva no IVI (Instituto Valenciano de Infertilidad), na Espanha.

É membro da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM) e da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE).

Especialidades:
- Preservação de Fertilidade
- Oncofertilidade
- Falência Ovariana Prematura
- Infertilidade sem causa aparência
- Endometriose e Infertilidade
- Anovulação e Infertilidade
Dra. Paula Marin

Venha nos visitar

Venha nos visitar

Localização:

R. Teixeira da Silva 54, 11º Andar | Bela Vista - São Paulo, SP A 100 metros do Metrô Brigadeiro

Segunda a sexta, das 08 às 19h, e Sábado das 8 às 12h .

Entre em Contato

Disponibilizamos canais exclusivos para atendimento de nossos clientes. Preencha o formulário, ou se preferir utilize outro canal de contato abaixo.

Tem alguma dúvida? Ligue para Nós!

Ligue para Nós 11 4750.2231

Envie um WhatsApp!

11 99738.3269

Clínica Viventre © 2020 - Todos os direitos reservados.

Criação de Site: Agência 3xceler
Olá!

Gostaria de receber uma ligação?

Ligar